12 de dez de 2010

3º Domingo do Advento

 Chegou mais um domingo e com ele se aproxima o dia do Natal do Senhor e especialmente hoje a igreja nos propõe o “Domingo da Alegria”, na qual a Igreja tira o roxo de suas vestes e põe o rosa. Mas que tipo de Alegria é essa?
 
  Essa Alegria que nos é proposta é a verdadeira alegria, aquela que não passa; como já tratamos nesse outro texto. Na 1º Leitura, o profeta Isaías já nos dizia  que viria o Messias que nos salvaria, que faria milagres, curaria os cegos, mudos, surdos, coxos...E isso se realiza a partir do Mistério da Encarnação do Verbo. (Ver Jo 1, 14)
 
  Já no Evangelho, se cumpre essa profecia escrita por Isaías, João Batista, já preso, pede a seus discípulos ir perguntarem a Jesus se Ele é “Aquele que devia vir”, e Cristo os responde com a citação dessa passagem de Isaías: “Os Coxos, os Cegos, os Mudos, os Surdos foram curados, os pobres foram evangelizados, os mortos ressuscitam...” Toda aquela promessa se cumpre na Pessoa de Cristo, como também nos remete a pessoa de João Batista, ele é “O Mensageiro que Vai a frente do Senhor” (Mt 11, 10). A Missão de João Batista é essa, ser a “Voz que Clama no Deserto” (Isaías 40,3ss.). E dentro desse contexto de esperança e fé no Senhor que vem é que se baseia a nossa alegria. Ela nos faz Criaturas novas, nos fazer ver além do horizonte, busacar aquilo que o Senhor preparou para nós.
 
  Então, vamos pedir ao Pai que nós saibamos ter essa alegria, praticar-la em nossas vidas, por meio do amor e da caridade, para que vejam em nós a Figura de Cristo. E Nesse Tempo de espera, continuar perseverantes na caminhada, esperando o Senhor que Vem. Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo.
                                                                                   
                                                                            S. Arnaldo Janssen, Ora Pro Nobis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar o "Sede Santos", deixe seu comentário que será brevemente postado!