11 de jan de 2011

Ele não quebra uma cana rachada...

  Bem, depois de um período de um breve descanso por causa das festas de final de ano, hoje o “Sede Santos” quer refletir sobre a questão da Misericórdia de Deus. Essa Misericórdia infinita de Deus para conosco.
 
  Uma das características de Deus, na qual eu considero a maior, é o Seu Amor, esse Amor que se doa; o Ágape, de que se tanto fala hoje em dia. Mas a passagem bíblica que vai ser a nossa base é de Isaías 42, 1-4, é parte da primeira leitura da liturgia do Domingo. Quando o profeta nos descreve como deve ser o Messias, o escolhido ele põe como sua principal marca a Misericórdia para conosco, quando ele diz que “Não quebra uma cana rachada nem apaga um pavio que ainda fumega”. Quem é essa “cana rachada” e esse “pavio que ainda fumega”? Somos nós, o povo de Deus, nós pecadores, falhos; que fomos criados a imagem e semelhança do Pai, mas pela desobediência fomos “adotados” pelo pecado, mas Deus confia em nós.
 
  Mesmo com nossas falhas, mesmo com nossos pecados, Deus em sua Suma Sabedoria e Amor, envia seu Filho a este Mundo para que? Para nos salvar e nos libertar dos Grilhões do pecado, mesmo que depois de tudo que Ele passou por nós na Sua cruz, ainda temos a “ousadia” de nos rebelarmos contra o Pai e pecar. Mas como eu venho frisando, “Ele não apaga o pavio que ainda fumega”, mesmo depois de cometermos o pecado, ainda existe em nós a chama, ainda que pequena, do Amor de Deus por nós, Ele nos perdoa, e nos ama.
 
  Para nos mantermos longe do pecado e das tentações do maligno, temos de ter uma vida ativa de oração, penitência e nos sacramentos, como a Eucaristia e a Confissão. São esses os dons que Jesus nos deixou, por meio da Igreja, para a nossa Santificação. Portanto, nesse ano que se inicia, vamos nos dedicar mais a Cristo e renunciar a todos os males que o mundo nos oferece, mas nunca possamos nos esquecer de ficar com os olhos nos céus, mas os pés bem firmes aqui na terra. Louvado Seja N.S Jesus Cristo! Assim Seja, Amem.

                                                                   S. Arnaldo Janssen, ora pro nobis

2 comentários:

  1. Blog Mídia Católica12 de janeiro de 2011 11:38

    Que Deus te abençoe e a cada dia te acolha no Seu infinito Amor.

    Interessante a proposta dos padroeiros do blog.

    Abraço!
    A Paz!

    ResponderExcluir
  2. Uma das experiências mais bonitas e fecundas que tive com o Senhor, foi a da Sua Misericórdia. Lembro-me do momento em que me encontrei com o Bispo que me ordenou, horas antes da celebração. Eu lhe disse, expressando a Misericórdia do Senhor para comigo: "Deus não desistiu de mim!!!"

    ResponderExcluir

Obrigado por visitar o "Sede Santos", deixe seu comentário que será brevemente postado!