31 de mar de 2011

"A quem iremos Senhor ?"

Borda do Campo, 26 de Fevereiro de 2011. 1ª manhã do retiro espiritual dos Seminaristas do Propedêutico e Filosofia da Congregação dos Missionários do Verbo Divino. 
   
 “A quem iremos Senhor? Somente Tu tens palavra de Vida Eterna [...] E sabemos que Tu és o Santo de Deus” (Jo. 6, 68b-69)
  
  Nesse primeiro dia, foi proposto dois trechos da Sagrada Escritura, sendo o primeiro um trecho do Evangelho de S. João 6, 66-69 e também o salmo 62 (61). 
  
  No trecho do Evangelho os discípulos estavam querendo ir embora e deixar o discipulado e Jesus os questiona se realmente eles queriam deixá-lo, mas Pedro confessa: “A quem iremos Senhor? Se Tu tens palavra de Vida eterna” e completa “E Sabemos que És o Santo de Deus”. A quem iremos? Iremos confiar em nós mesmos? Considerar-nos “auto-suficientes”? Somente Cristo é o Senhor, Santo dos Santos. Nele sim devemos confiar.
   
          “Só em Deus, ó minh’Alma repouse porque Dele vem minha esperança” (Salmo 62)
  
  Se somente o Senhor tem palavra de Vida Eterna, esse trecho do Salmo é um ótimo complemento porque Dele vem minha esperança. Somos extremamente dependentes de Deus e de Sua Graça, Seu Amor. “Só Ele é minha Rocha e minha salvação, minha fortaleza” (Salmo 62). Nossa casa da fé se for construída sobre A Rocha, ela jamais cairá, pode vir às chuvas, tempestades, vendavais e a casa estará de pé, porque ela estará assentada sobra essa Rocha que é Deus. 
  
  No inicio das atividades de hoje, o Pe. Anselmo usou como base para sua fala um trecho do Evangelho de S. João 21, 15-19. É a passagem que Jesus pergunta a Pedro três vezes se ele O ama. Nas duas primeiras respostas Pedro só responde simplesmente que sim, que ama, mas quando ele toma consciência ele dá uma “senhora resposta” e diz: “Senhor, Tu conheces tudo e sabes que Lhe Amo.” (Jo 21, 17). Senhor tu sabes tudo. Depois de Pedro ter negado a Cristo por três vezes, as mesmas três vezes Cristo pergunta se ele O ama. Nesse momento acontece a reconciliação com Pedro. Como já sabemos, Pedro era cabeça dura, ranzinza, negou a Cristo, mas Cristo em sua infinita sabedoria e misericórdia não desistiu dele e ainda completou dizendo: “Apascenta minhas ovelhas. Deus não desistiu de Pedro. Podemos até “desistir” de Deus de Deus, mas o Pai não desiste de cada um de nós. Seria infinitamente mais fácil Deus desistir de nós quando falhamos e colocar outro em nosso lugar, mas não! Ele não apaga o pavio que ainda fumega, como diz o Profeta Isaías. E no final de tudo Jesus ainda completa: “Segue-me”. A quem você quer seguir?
  
  Portanto, que nós possamos ser fies a Cristo e a seu discipulado, pois se viermos a cair em desânimo e também chegar a vontade de “jogar tudo para o alto” possamos responder: “A quem iremos Senhor? Só Tu tens Palavra de Vida Eterna.” Louvado Seja Nosso Senhor Jesus Cristo. Assim Seja! Amém.

                                                   S. Arnaldo Janssen, ora pro nobis

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por visitar o "Sede Santos", deixe seu comentário que será brevemente postado!